quinta-feira, 29 de setembro de 2011

feliz pra sempre

Viver não é simples. Dói, às vezes. Exige uma força que não temos. Faz querer sumir, esquecer, dormir pra sempre... Viver é esperar. O momento certo, a pessoa certa, o lugar certo. E errar, enquanto se espera. Viver é chorar. Sentir aquele gostinho salgado, soluçar feito criança. Mas é também sorrir que nem louca na frente do espelho. Gargalhar por coisas bobas. Amar alguém. E rir de tudo com ele. Sentir o beijo, o toque, o ar. Sonhar sem medo. (Re)viver e voar. Com as asas que se tem - quem vai notar?

Porque sofrer é um detalhe em meio à felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário