quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

temporal

o tempo é sonso
e dança
gonzo
a nossa valsa

desmarca, tonto,
a hora
- de ir
embora - falsa

o tempo é verde
e brinca
de ser nunca
e sempre

de dançar
sem par,
de esperar

ninguém

que a dor
foi feita
pra passar

amém