terça-feira, 15 de outubro de 2013

filosófica dor

eu quero um mundo sem teoria
onde as palavras signifiquem
porque são
e não por que dizem