sexta-feira, 23 de maio de 2014

das ausências

está escuro, eu enxergo mesmo no escuro o teu sorriso tuas falas, as palavras piscam, dizem, dizem em silêncio iluminam o escuro feito luzes-feito cores, como o que eu te disse ontem, que te amo, disse, disse em silêncio feito tudo o que existe-feito tudo o que se esconde aqui dentro