quarta-feira, 5 de agosto de 2015

dos delírios

quando bate a dúvida insana
se devo fazer ou não
seguir ou ficar
ser cabeça ou coração
me surge a resposta tão livre e franca
e com tamanha leveza
que me parece mais louco ainda
não ter
certeza

Nenhum comentário:

Postar um comentário