quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

delta-t

não pode haver momento melhor para escrever
do que agora
quando o sol já brilha de tantas maneiras
e atravessa tantas frestas
que a gente se enxerga de olhos fechados
no espelho das horas
que eu conto os segundos
de cada minuto
para caber no in-ter-va-lo
do seu
abraço

Nenhum comentário:

Postar um comentário