segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

prece

na hora da despedida
a gente não sabe ser
pra onde jogar os braços
nem o que vai dizer

na hora de dar adeus
a quem a gente mais ama
explode um silêncio na alma
mas é uma calma que engana

só rezo que olhes por eles
daí de onde estás neste céu
que sejas paz nas manhãs de medo
e luz nas noites de breu

Nenhum comentário:

Postar um comentário