quinta-feira, 16 de junho de 2016

papel machê

as palavras denunciam quem somos
do que somos feitos
do que temos medo

as palavras nos engolem vivos 
à medida que morremos 
sem dizer (   )

que nos desfazemos 
em mil versos
pra rimar a vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário